Tucha Silveira



Perfil Profissional

É professora de Ballet, apaixonada pela dança e pelas crianças, entusiasta e profissional que gosta de fazer parte de uma equipa bem sucedida, produtiva e que põe em primeiro lugar as crianças. Rápida a produzir novas ideias. Capaz de trabalhar bem por iniciativa própria.

Carreira
1975 – 1988 - Bailarina


1977 -1997 - Directora de Escola de Dança
1977 – Hoje – Produção de Espectáculo
1977 – Hoje - Coreógrafa
1977 – Hoje – Professora da actividade extra-curricular de Dança

Qualificações formais:

Muñeira
A muñeira (em galego, Muiñeira: "Molina") é uma dança popular de origem galega que se dança nas comunidades autónomas espanholas da Galícia, Astúrias e em territórios de Castela e Leão limítrofes da Galíza. Segundo Dionísio Preciado em outras regiões de Espanha é a chama "gallegada" .

É cantada e dançada acompanhada da gaita de foles, de tamboril o redoblante, pandereta (pandeireta), tambor, pandero (pandeiro), bombo, charrasco e por vezes as conchas (conchas ou vieiras). Não existem referências documentais inequívocas anteriores ao século XVI. Na actualidade é, sobretudo, uma dança instrumental que da mesma forma que a sardana (uma dança realizada en grupo e em círculo, que se dança na Catalunha e em Andorra) mantem um compasso de 6/8. O nome Muiñeira evoca as Jornadas de trabalho nos moinhos -em galego muíños - e o ócio associado à espera da moagem.

Aturuxo
O Aturuxo é um grito que se utiliza nas festas e para dar ânimo aos bailarinos. Deve ser forte, agudo e prolongado. Diz-se por vezes que o "Aturuxo" puede ter a ver com as manifestações musicais do norte da África, que teria chegado à Galíza por mar, a denominada "cultura atlântica", patente em outros aspectos musicais, tais como algumas curvas melódicas.

O Aturuxo, junto com o representativo ritmo percusivo da muñeira, possível herança das bandas militares dos suevos, demonstram que a muñeira não tem necessariamente orígem nas danças populares galegas que dançavam as famílias ao redor dos moinhos esperando a moagem, mas que também possa estar vinculada com as bandas militares suevas e as guerras históricas galegas.